PERCEPÇÃO DA GINÁSTICA LABORAL PELOS SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DO SUL DE MINAS GERAIS – CAMPUS MUZAMBINHO

Januária Andréa Souza Rezende, Breno Luiz de Pádua, Rafael Ferreira de Oliveira, Rodolpho Silva Negrão

Resumo


Introdução: As consequências dolorosas relacionada com a jornada de trabalho proporcionaram as empresas o absenteísmo e uma queda no rendimento, com isso viram-se obrigados em adotar maneiras ergonômicas no início deste século (MARTINS, 2008). Mesmo sendo os empresários que faturam com a diminuição do absenteísmo e aumento da produtividade, a ginástica laboral (GL) promove ao trabalhador uma melhora na qualidade de vida no ambiente de trabalho (LEITE, 2012). Procurando melhorar a qualidade de vida do trabalhador, o curso de Educação Física desenvolve o projeto de extensão LABOR VIP, que visa proporcionar GL aos funcionários do IFSULDEMINAS Campus Muzambinho. Objetivo: investigar a percepção dos servidores em relação à prática da GL Metodologia: Amostra composta por 104 servidores, 52 mulheres e 52 homens, com idade entre 20 e 60 anos que participam da GL, sendo 38 praticam a menos 1 ano e 66 a mais de 1 ano. 45 trabalham em setores administrativos e 59 operacionais. Escolaridade 11 servidores ensino fundamental, 29 ensino médio, 64 ensino superior. As GL é realizada 5 vezes por semana no período da manhã, com duração de 15 minutos. Para verificarmos a opinião destes servidores foi aplicado questionário de avaliação da percepção dos funcionários quanto ao desempenho após a implantação da ginástica laboral (PEREIRA, 2003). Resultados: Considerando o objetivo do estudo foram conhecidas às opiniões: Quanto a contribuição da GL no humor, 91,4% dos funcionários responderam que a GL influencia e 8,6% que não. Sobre a concentração no trabalho, 73% dos funcionários responderam há influencia e 27% que não há alteração. Quanto a GL contribuir para a preservação da saúde, 87,5% dos funcionários responderam que influencia e 12,5% que não. Após a GL seu relacionamento com colegas melhorou, 88,4% dos responderam que sim e 11,6% não. Houve melhora na flexibilidade, 82,7% responderam que sim e 17,3% que não. Na questão você se sente motivado para os exercícios da GL, 88,4% responderam que sim e 11,6% que não há alteração. As aulas de GL melhoraram seu desempenho funcional? 87,5% responderam que sim e 12,5% que não há alteração. Você participa de outras atividades físicas oferecidas pela empresa? 18,3% responderam que sim e 81,7% que não. Você acredita que seu rendimento no trabalho está vinculado as aulas de GL? 53,8% responderam que influencia e 46,2% que não há alteração. Sobre afastamentos médicos nos últimos 12 meses, 83,7% não afastou nenhuma vez e 16,3% se afastaram numa média de 2 afastamentos. Conclusão: Conclui-se que na opinião dos servidores do IFSULDEMINAS - Campus Muzambinho a GL promovida pelo Labor Vip, em suma, é capaz de promover mudanças no ambiente de trabalho, concentração, relacionamentos e humor. Ainda pode proporcionar aumento na flexibilidade, preservação da saúde e melhorar o desempenho funcional. Mais ainda é baixa a adesão em atividades físicas fora do trabalho. Nesse sentido, sugere-se a realização de outros estudos que não apenas contemplem a percepção dos servidores, mais outros aspectos importantes aos servidores. Aplicabilidade Prática: Percebemos a necessidade da GL, atividade física no ambiente de trabalho, durante a jornada de trabalho visando melhorar a condição física do trabalhador, com o objetivo de promover adaptações fisiológicas, físicas e psíquicas , resultando em melhora da qualidade de vida dos servidores.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais (IFSULDEMINAS)
Pró-Reitoria de Extensão (PROEX)
Avenida Vicente Simões, nº 1111 - Nova Pouso Alegre
Pouso Alegre-MG
CEP: 37550-000