MOTIVAÇÃO EM ATLETAS DE CANOAGEM

João José de Oliveira Cesário, Danielle Aparecida Rodrigues dos Santos, Rafaela Nayara Lara Pessoa, Steffany Batista dos Santos

Resumo


Introdução: A canoagem velocidade está despontando como um esporte alternativo e em constante crescimento no Brasil em virtude dos resultados expressivos obtidos recentemente por atletas brasileiros em competições internacionais. Portanto para identificar os motivos que os jovens atletas iniciam e permanecem nesta modalidade esportiva tendo em vista que existem poucos trabalhos nesta área e também usar estes motivos, se possíveis, para que mais jovens possam entrar em contato com a canoagem. Objetivo: Identificar os motivos que fazem os jovens atletas iniciar e a permanecer na canoagem. Metodologia: Está pesquisa é de cunho quantitativo, de acordo com Richardson (1999), é uma pesquisa caracterizada pelo emprego da quantificação dos dados coletados. A coleta dos dados foram através de um questionário aplicado em atletas participantes da “Seletiva Nacional para os Jogos Olímpicos da Juventude 2018”. Participaram da pesquisa 14 atletas. Os critérios de inclusão para o estudo foram: Ser atleta de canoagem; estar disponível para responder o questionário. E os critérios de exclusão foi: Não participar da “Seletiva Nacional para os Jogos Olímpicos da Juventude 2018”. Resultados: Nesse estudo, as motivações podem ser divididas, onde qualidade de vida, distração/ diversão, esporte alternativo e vocação podem ser classificadas como motivações intrínsecas e reconhecimento, oportunidade de renda e vontade de outras pessoas podem ser classificadas como motivações extrínsecas. De acordo com Tresca e De Rose Junior (2000), o fator intrínseco é considerado o principal agente motivador. Cox (1994), acredita que a motivação intrínseca seja a origem principal dos motivos que atraem e mantém os jovens no esporte. Os pais e a mídia possuem a maior influência sobre as crianças. Uva (2005), menciona que os pais influenciam diretamente seus filhos na prática esportiva, pois são eles que desempenham funções diretamente relacionadas à atividade escolhida, como transporte para treinos e competições, pagamento das mensalidades, aquisição de materiais esportivos, entre outros. Rúbio et. al. (2000), falam que a mídia interfere na motivação, porque cria um espetáculo em torno dos atletas, que são considerados "super-homens" depois da quebra de um recorde ou até mesmo depois da conquista de uma medalha. Conclusão: Analisando-se os resultados desse estudo pode se concluir que a motivação intrínseca e extrínseca seja fatores determinante para que o atleta ou aluno permaneça no esporte Canoagem. A partir disso, aconselha-se que os técnicos saibam a forma de motivar os seus alunos. Aplicabilidade Prática: Os treinadores podem usar a motivação para evitar a evasão de atletas e também para manter ou melhorar desempenho.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais (IFSULDEMINAS)
Pró-Reitoria de Extensão (PROEX)
Avenida Vicente Simões, nº 1111 - Nova Pouso Alegre
Pouso Alegre-MG
CEP: 37550-000