ATIVIDADES CIRCENSES (GINÁSTICA) - RELATO DE EXPERIÊNCIA

Maria Laura Oliveira de Assis, Luis Gustavo Silveira, Tuffy Felipe Brant

Resumo


Introdução: Trazendo consigo inúmeras possibilidades de formação cidadã do homem, o conteúdo circo promove a interação social, valorização de experiências, incentivo ao trabalho coletivo, individual e estímulo à criatividade por meio de atividades lúdicas almejando a auto superação de forma crítica e reflexiva, considerando os aspectos social, cognitivo, afetivo, motor, físico, psicológico do ser humano e sua importância se dá pelo fato do circo ser uma das manifestações culturais e artísticas mais antigas do mundo. Objetivo: Elaborar um relato de experiência esquematizado com o conteúdo circo, fundamentado na fase judicativa da metodologia crítica superadora. Metodologia: Foi desenvolvido um plano de aula com o conteúdo personagens do circo: acrobatas e contorcionistas. Tendo como base a fase judicativa da metodologia crítica superadora. Segundo o Coletivo de Autores (1992, p. 25) “a reflexão pedagógica é judicativa, porque julga a partir de uma ética que representa os interesses de classe de determinada classe social”. Que foi aplicada para uma turma de alunos do 6º ano do ensino fundamental, da escola Estadual Cesário Coimbra tendo como objetivo à interação social e experimentação de alguns exercícios gímnicos lúdicos e reflexivos de contorcionismo, acrobacias em trampolim divididos em 3 estações rotacionais, viabilizando processos reflexivos sobre à prática. Trata-se de um recorte de um projeto de ginástica para todos que está sendo desenvolvido em 14 aulas, à partir da pedagogia crítica superadora. Resultados: Apareceram como pontos positivos: a participação e entendimento dos alunos sobre o tema proposto; apropriação das pistas/desafios para executarem novos movimentos; assimilação do tema com atividades cotidianas, encontrando prazer e sentido na aula. Como pontos negativos observou-se que um aluno não participou por vergonha e que assuntos transversais poderiam ser mais trabalhados, gerando uma melhor discussão final. Conclusão: Entendemos que à prática de temas transversais é possível de ser aplicado para diferentes públicos, pois promove a integração social e fomenta a criação de novos conceitos, que ao sofrerem uma transposição didática (PERRENOUD, 1993), eles oferecem condições para que sejam apropriados pelos alunos. Aplicabilidade Prática: Vislumbramos que é possível proporcionar práticas corporais circenses dentro do conteúdo ginástica nas aulas de Educação Física da educação básica, abrangendo diferentes públicos, utilizando-se da ludicidade por meio de atividades prazerosas que permitam a participação de todos, valorizando sua historicidade.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais (IFSULDEMINAS)
Pró-Reitoria de Extensão (PROEX)
Avenida Vicente Simões, nº 1111 - Nova Pouso Alegre
Pouso Alegre-MG
CEP: 37550-000